Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

Homem abatido pela polícia apontou cigarro eletrónico

Vítima sofria de perturbações mentais.
29 de Setembro de 2016 às 08:07
Dezenas de pessoas protestaram em El Cajon por causa da morte de Olango
Dezenas de pessoas protestaram em El Cajon por causa da morte de Olango FOTO: Earnie Grafton/Reuters

O objeto que o homem abatido na terça-feira pela polícia em El Cajón, na Califórnia, Estados Unidos da América, apontou aos agentes foi um cigarro eletrónico, informaram esta quinta-feira as autoridades.

"O vaporizador tem um cilindro prateado de 2,5 centímetros de diâmetro e 7,5 de comprimento", explicou a polícia, em comunicado, ao referir-se ao objeto apontado pelo homem antes de ser abatido.

No momento em que o homem juntou as duas mãos, colocando-as numa aparente posição de tiro, os dois agentes dispararam: um com um 'taser', pistola que envia descargas elétricas, e outro com a sua arma de fogo.

O homem, que sofreria de perturbações mentais, foi identificado por um familiar como sendo Alfred Olango, com 38 anos, nascido no Uganda.

A polícia difundiu uma fotografia do momento em que Olango apontou o objeto a um dos agentes -- extraída de um vídeo amador que não pretende tornar público.

Na quarta-feira, pelo segundo dia consecutivo, dezenas de pessoas protestaram em El Cajon por causa da morte de Olango, para pedir que esse vídeo, atualmente na posse da polícia, seja divulgado e para reivindicar uma investigação independente ao caso.

Este incidente ocorreu em contexto de crescente tensão racial nos Estados Unidos e quando se realizaram outras manifestações, designadamente em Charlotte, no Estado da Carolina do Norte, no sudeste, para protestar conta a morte de negros abatidos pelas forças da ordem.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)