Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

Homem que se infiltrou na Casa Branca declara-se culpado

Lusa 14 de Março de 2015 às 03:45

O homem que conseguiu entrar na Casa Branca, em setembro, declarou-se culpado, esta sexta-feira, diante de uma juíza em Washington, de instrusão num edifício protegido na posse de uma arma perigosa, segundo documentos judiciais.

A 19 de setembro de 2014, o antigo militar, de 43 anos, conseguiu entrar pela porta principal da Casa Branca, introduzindo-se no piso térreo e percorrendo várias salas até ser detido no Salão Leste. Na altura, transportava uma faca dobrável no bolso e tinha várias munições no interior da viatura, que estava estacionada nas proximidades.

Esta sexta-feira, Omar Gonzalez foi presente à juíza federal Rosemary Collyer de "intrusão ilegal num edifício protegido, enquanto transportava uma arma mortal ou perigosa", bem como de "agressão" aos agentes dos serviços secretos responsáveis pela vigilância da Casa Branca.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)