Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto

HORAS EXTRAORDINÁRIAS PAGAS A MÉDICOS

Os médicos que integrarem o plano de contingência previsto para o Euro 2004, que arranca dentro de 11 dias, vão ser pagos pelas horas extraordinárias, garantiu esta terça-feira o ministro da Saúde, Luís Filipe Pereira.
1 de Junho de 2004 às 20:12
O governante mostrou satisfação pela discussão de um plano de contingência a aplicar durante as férias dos médicos, marcadas para o período do Euro 2004, e que visa reforçar assistência médica em caso de necessidade.
Este plano vai ser gerido independentemente por cada um dos hospitais nacionais, mas o ministro da tutela garante que se os médicos tiverem que trabalhar mais do que o seu tempo normal durante o Europeu de Futebol, o Estado vai pagar as horas extraordinárias.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)