Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Hospital da Luz garante ter pago taxas urbanísticas

O Hospital da Luz esclareceu esta quarta-feira ter pago "integral e atempadamente" a taxa urbanística apontada no relatório da sindicância aos serviços do Urbanismo da Câmara de Lisboa como não tendo sido totalmente paga.
9 de Janeiro de 2008 às 16:05
O hospital, que afirma ter pago à autarquia lisboeta um milhão e 27 mil euros de Taxa Municipal pela Realização de Infra-estruturas Urbanísticas (TRIU), refere em comunicado que, "liquidou integral e atempadamente todos os valores devidos a nível de TRIU que lhe foram solicitados pela Câmara Municipal de Lisboa", através da sociedade que promoveu a sua construção e instalação, a Espírito Santo - Unidades de Apoio à Terceira Idade, SA.
No relatório da sindicância, a construção daquela unidade de saúde privada era apontada como um dos exemplos em que aquela taxa não tinha sido paga devido à proveniência municipal inicial do solo.
A sindicância aos serviços do Urbanismo foi pedida pelo ex-presidente da Câmara e actual vereador independente Carmona Rodrigues, em Dezembro de 2006, e o seu relatório entregue há cerca de duas semanas ao actual autarca da capital, António Costa (PS).
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)