Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

Hugo Quintas condenado a prisão perpétua

Hugo Quintas, o emigrante português acusado de assassinar a namorada no Reino Unido, foi esta quarta-feira condenado a prisão perpétua pelo tribunal de Bristol.
29 de Março de 2006 às 17:01
O réu, de 24 anos, foi considerado culpado do homicídio da namorada Hayley Richards, de 23 anos, que se encontrava grávida, ocorrido em Trowbridge, no Sul de Inglaterra, em Junho de 2005.
Perante o tribunal, Hugo Quintas recusou que o homicídio tivesse sido premeditado, alegando que o mesmo aconteceu durante o acesso de fúria que teve depois de a sua namorada ter admitido que tinha dormido com outro homem.
O julgamento realizado num tribunal em Bristol, e que teve início a 7 de Julho, terminou hoje com a leitura da sentença, tendo o júri considerado o emigrante culpado de homicídio premeditado.
Um outro português, Sérgio da Cunha, amigo de Hugo Quintas, foi absolvido da acusação de crime de obstrução à justiça, por alegadamente ter lavado a roupa ensaguentada que o emigrante vestia na altura do crime e por ter ajudado na sua fuga para Portugal.
Ver comentários