Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Hulk arrasa Dinamarca em Hamburgo

O avançado Hulk, do FC Porto, foi o autor de dois dos três golos com que a selecção do Brasil bateu a Dinamarca (3-1), adversária de Portugal no Euro'2012, em jogo de preparação disputado este sábado.
26 de Maio de 2012 às 18:31
Hulk marcou dois golos à Dinamarca, adversária de Portugal no Grupo B do Euro'2012
Hulk marcou dois golos à Dinamarca, adversária de Portugal no Grupo B do Euro'2012 FOTO: Daniel Reinhardt/Reuters

Os outros dois golos foram apontados por dinamarqueses, mas o de Niki Zimling, aos 13 minutos, contou para o Brasil, em ensaios para os Jogos Olímpicos de Londres, enquanto Nicolas Bendtner assinou, aos 71 minutos, o único golo dos nórdicos.

O portista foi o primeiro a marcar, aos oito minutos, através de um remate a 25 metros da baliza, com o guarda-redes Thomas Sorensen a ser traído pela trajectória da bola, que bateu no solo antes de passar por baixo do seu corpo.

Com o benfiquista Daniel Wass (esteve emprestado ao Evian, de França) no onze titular, a Dinamarca voltou a sofrer novo golo cinco minutos depois, quando Poulsen perdeu o controlo da bola na sua grande área, onde apareceu Niki Zimling a atrasar para o guarda-redes, mas este não lhe conseguiu chegar.

Só aos 27 minutos é que o perigo rondou a baliza dos brasileiros, quando Christian Eriksen, através de um livre direto, testou os recursos do guardião Jefferson.

Pela meia hora, os dinamarqueses mostravam melhor futebol e sucederam-se novas tentativas, desta vez por intermédio de remates de Simon Poulsen, Eriksen e Michael Krohn-Dehli, este último a falhar um desvio com a baliza deserta.

Seria o Brasil, após jogada em velocidade de Hulk, servido por Óscar, que faria novo golo, com o avançado portista a rematar fora do alcance de Stephan Andersen, que substituiu o lesionado Sorensen, aos 25 minutos.

A perder por 3-0, os dinamarqueses não cederam no ímpeto ofensivo, com Poulsen e Agger a obrigarem mais duas intervenções de Jefferson.

No segundo tempo, e depois de muitas alterações em ambas as selecções, os dinamarqueses mostraram-se mais acertados e, após várias oportunidades, Nicolas Bendtner diminuiu a desvantagem, a passe de Zimling, muito forte nas ofensivas pela esquerda.

Na formação comandada por Mano Menezes, jogaram mais dois jogadores portistas: Danilo foi titular e saiu aos 72 minutos, enquanto Alex Sandro entrou aos 68. Hulk saiu, substituído, aos 90.

A Dinamarca é adversária de Portugal no Grupo B da fase final do Euro'2012, que se disputará na Polónia e Ucrânia, juntamente com a Alemanha e a Holanda.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)