Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

Human Rights Watch qualifica de "calamidade" primeiro ano de Duterte nas Filipinas

Lusa 28 de Junho de 2017 às 08:16

A Human Rights Watch (HRW) qualificou hoje o primeiro ano de mandato do Presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, de "calamidade" para os direitos humanos devido à 'guerra' contra a droga, à qual atribuiu 7.000 mortes.

A "assassina" campanha antidroga tem "reduzido drasticamente o respeito pelos direitos básicos" nas Filipinas desde a investidura de Rodrigo Duterte em 30 de junho do ano passado, denunciou a organização não-governamental (ONG) de defesa dos direitos humanos em comunicado.

A HRW apontou que, segundo dados oficiais, entre as vítimas da campanha contra a droga figuram 3.116 supostos toxicodependentes e traficantes abatidos pelas forças de segurança depois de alegadamente terem oferecido resistência durante as operações.