Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

Imigrantes ilegais maltratados no Alentejo

Violência física, extorsão de dinheiro dos salários, trabalho de sol a sol, fome e medo fazem parte do quotidiano vivido por imigrantes romenos e tailandeses sujeitos a todo o tipo de maus tratos infligidos por redes de tráfico de mão-de-obra ilegal no Alentejo.
11 de Agosto de 2009 às 09:48

De acordo com a edição desta terça-feira do jornal ‘Público’, o alerta foi lançado pela Cáritas de Beja, que assinalou o caso de 11 imigrantes romenos em Selmes, obrigados a viver em condições degradantes numa exploração agrícola.

Recentemente, apurou o diário, os imigrantes dos países do Leste europeu têm vindo a ser progressivamente substituídos por outros oriundos da Tailândia e do Vietname, também eles obrigados a trabalhar em condições degradantes.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)