Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

Imigrantes ucranianos em Portugal apelam ao diálogo

Os imigrantes ucranianos em Portugal apelaram para a procura de diálogos construtivos e para o não recurso à violência como solução para a crise da Ucrânia, numa declaração que colocou a uma só voz uma comunidade dividida. 
1 de Abril de 2014 às 19:49

Esta posição foi assinada por sete associações de imigrantes ucranianos, que compõem a segunda maior comunidade de estrangeiros em Portugal, mediante a intermediação do Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural (ACIDI), revelou hoje a alta comissária, Rosário Farmhouse, no parlamento.

"Considerando a grave crise internacional que se vive atualmente na Ucrânia", os imigrantes ucranianos apelam aos líderes mundiais para que procurem "caminhos de diálogos construtivos para a paz e a tolerância, evitando, sob qualquer pretexto, o recurso à violência ou à violação dos direitos humanos", lê-se na declaração.

imigrantes ucranianos Portugal declaração Ucrânia crise diálogo
Ver comentários