Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

Incêndio de Figueiró dos Vinhos continua a preocupar

A tarde desta sexta-feira está a ser particularmente difícil no que toca aos incêndios. Oito incêndios em seis distritos, do norte e sul do país, estão a ser combatidos por mais de 1300 bombeiros, de acordo com os últimos dados do Serviço Nacional de Bombeiros e Protecção civil.
19 de Agosto de 2005 às 20:04
A situação mais preocupante localizou-se no concelho de Figueiró dos Vinhos, na localidade de Alge, onde mais de 250 bombeiros combatem as chamas apoiados por quatro aeronaves. O incêndio nesta localidade chegou a ser dado como extinto a meio da tarde. Os bombeiros continuaram no local por precaução e ao início da noite as chamas reacenderam-se no local.
Outra situação que está a alarmar as autoridades é o fogo em Casal da Fraga, Castelo Branco, que está a ser combatido por 108 bombeiros, 29 viaturas e nove meios aéreos.
O distrito da Guarda, tem nesta altura dois incêndios activos nas localidades de Vale de Mouro (Trancoso) Vida Entre Vinhas (Celorico da Beira).
Em Vila Real, e depois do forte incêndios dos últimos dias no Parque do Alvão, dois focos de incêndio estão por controlar, nas localidades de Travancas (Chaves) e Campo Seicho (Mondim de Basto).
Em Bragança, 15 homens e dois meios aéreos combatem as chamas na localidade de Valpaço, concelho de Vinhais.
Um incêndio, junto ao Aeródromo de Viseu, está a ser combatido por 60 homens apoiados por 14 viaturas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)