Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto

Índia: atentado à rede ferroviária de Bombaim

Pelo menos 104 pessoas morreram e 300 ficaram feridas depois de Bombaim, capital financeira da Índia, ter sido sacudida por seis explosões quase simultâneas na rede ferroviária, em plena hora de ponta, pelo que o número de vítimas pode aumentar significativamente.
11 de Julho de 2006 às 15:47
Segundo testemunhas no local citadas pelas televisões britânicas Sky News e BBC, vários comboios ficaram destroçados com as explosões nas estações suburbanas de Matunga, Khar, Santa Cruz, Jogeshwri, Borivali e Bhayendar, causando um número indeterminado de feridos.
Ainda não são conhecidas a origem destas explosões nos caminhos-de-ferro mais sobrelotados do mundo mas as autoridades policiais apontam o dedo a "um grupo terrorista".
"Os especialistas foram chamados aos locais e vão descobrir que tipo de explosivos foram utilizados", disse o chefe da polícia de Bombaim, A.N. Roy. "Como é evidente, as explosões foram provocadas por um grupo terrorista porque um ser humano normal não faria uma coisa destas", acrescentou.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)