Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

Indignados franceses organizam protesto internacional

Para assinalar os cinco anos sobre o movimento "15 M" em Espanha.
Lusa 18 de Abril de 2016 às 11:01
Movimento francês "Nuit Debout" começou a mobilizar-se no mês passado contra as reformas laborais propostas pelo executivo de Paris
Movimento francês 'Nuit Debout' começou a mobilizar-se no mês passado contra as reformas laborais propostas pelo executivo de Paris FOTO: IAN LANGSDON/EPA

Os indignados franceses do grupo "Nuit Debout", que mantêm protestos em França desde março, estão a organizar uma manifestação internacional que pretende assinalar os cinco anos sobre o movimento "15 M" em Espanha.

O movimento cidadão francês "Nuit Debout" ("Acordados Toda a Noite"), que começou a mobilizar-se no mês passado contra as reformas laborais propostas pelo executivo de Paris, pretende convocar uma série de reuniões no fim de semana de 7 e 8 de maio para discutir a preparação de um "protesto internacional".

A iniciativa deverá decorrer no dia 15 de maio em vários pontos do mundo para assinalar os cinco anos do início dos protestos dos indignados de Madrid (15 M).

De acordo com os números referidos pela France Presse, nas últimas noites mais de três mil jovens têm ocupado em permanência a Praça da República, no centro de Paris, tendo-se registado confrontos com a polícia. Até ao momento, mais de 400 pessoas foram detidas em várias cidades de França, durante as manifestações noturnas.

Nos confrontos ocorridos no sábado, 21 pessoas foram detidas depois de terem incendiado paletes de madeira na Praça da República, na capital francesa.

Durante a ação das autoridades, "vários agentes ficaram feridos", disse o chefe da polícia de Paris, Michel Cadot, que responsabiliza os organizadores do movimento "Nuit Debout" pelos distúrbios causados.

Cadot sublinhou que, ao princípio da noite de sábado, o protesto estava "bem organizado" mas que depois da meia-noite pequenos grupos violentos tentaram desfilar nas imediações da praça atacando os elementos da polícia ao mesmo tempo que vandalizavam as montras de estabelecimentos comerciais e balcões bancários situados na zona.

Os membros do "Nuit Debout", contactados pela France Presse, referem que o movimento - que conta com milhares de seguidores através das redes sociais - é pacífico e que nos últimos dias têm discutido na Praça da República as notícias sobre a evasão fiscal que têm sido provocadas pela investigação "Panama Papers".

Durante o fim de semana, o ex-ministro das Finanças grego Yanis Varoufakis esteve presente nas concentrações noturnas de Paris, onde afirmou que o Presidente François Hollande está a precarizar as condições dos trabalhadores franceses tendo criticado diretamente as reformas laborais que estão na origem dos protestos.

As manifestações do movimento cidadão "Nuit Debout" realizam-se também em Rennes, Nantes e em Montpellier, no sul do país, tendo já contado com concentrações de solidariedade no Canadá e nos Estados Unidos.

Nuit Debout França Madrid manifestação política
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)