Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

Industriais de carnes defendem que o semáforo nutricional pode criar problemas de concorrência

Lusa 12 de Dezembro de 2017 às 19:02

A Associação Portuguesa dos Industriais de Carnes (APIC) defendeu hoje que a introdução de um semáforo nutricional nos produtos portugueses pode criar situações de concorrência desleal, sublinhando que o Governo deve aguardar pela posição de Bruxelas.

"Podemos estar a criar [em Portugal] um sistema obrigatório que não o é para outros países que colocam os seus produtos no mercado. Devíamos aguardar a posição da Comissão Europeia sobre esta matéria", disse a diretora executiva da APIC, Laurentina Pedroso, durante uma audiência na comissão parlamentar de Agricultura e Mar.

Para a representante, a aprovação do projeto do BE pode colocar em causa "o espírito de livre circulação na União Europeia".

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)