Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Infarmed testa segurança de medicamento para o HIV em mulheres que querem engravidar

Agência Europeia de Medicamento recomenda que não sejam prescritos medicamentos com dolutegravir depois de resultados de estudo apontarem para possíveis defeitos na criança à nascença.
Lusa 24 de Maio de 2018 às 07:47
Teste ao HIV/Sida
HIV
Teste ao HIV/Sida
HIV
Teste ao HIV/Sida
HIV

A Agência Europeia de Medicamento recomenda que não sejam prescritos medicamentos com dolutegravir, usado no tratamento do HIV, a mulheres que queiram engravidar, após os resultados de um estudo aponta para possíveis defeitos na criança à nascença.

Segundo uma nota publicada na página da Internet do Infarmed, o Comité de Avaliação e Risco em Farmacovigilância (PRAC) da Agência Europeia de Medicamentos (EMA) adianta que iniciou a avaliação dos resultados preliminares de um estudo em que foram identificados quatro casos de defeitos à nascença, como espinha bífida em bebés nascidos de mães que engravidaram enquanto tomavam o dolutegravir.

O dolutegravir é usado para o tratamento da infeção por HIV (vírus da imunodeficiência humana). Em Portugal, existem dois medicamentos contendo dolutegravir: Tivicay (contém apenas a dolutegravir) e Triumeq (que contém dolutegravir, abacavir e lamivudina).

HIV Internet do Infarmed Portugal Comité de Avaliação e Risco em Farmacovigilância saúde
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)