Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Bruxelas enviou membro sénior a Lisboa de "urgência"

Membro vinha a Lisboa para estudar uma eventual resolução do BES.
Lusa 23 de Abril de 2015 às 19:33
Membro veio a pedido do Banco de Portugal
Membro veio a pedido do Banco de Portugal FOTO: João Santos

O responsável máximo da Direção-geral da Concorrência da Comissão Europeia disse perante a comissão de inquérito BES/GES que Bruxelas enviou a 1 de agosto de 2014 um "membro sénior" para estudar uma eventual resolução do banco.

A informação surge nas respostas escritas de Alexander Italianer, distribuídas, esta quinta-feira,  perante os deputados da comissão de inquérito e a que a agência Lusa teve acesso.

Italianer diz que a Comissão, e a direção-geral sob a sua tutela, recebeu a 30 de julho do ano passado um contacto do Banco de Portugal onde foi transmitida a informação que haveria perdas "extraordinariamente grandes" no BES nas contas do primeiro semestre de 2014.

A partir desse dia, houve "frequentes contactos" com o BdP mas a Direção-geral da Concorrência "não foi informada sobre um plano final do Governo que envolvesse uma potencial medida de resolução para o BES".

A 1 de agosto à noite, a pedido do Banco de Portugal e dada a "urgência" do assunto, foi enviado a Lisboa um "membro sénior" da Direção-geral da Concorrência da Comissão Europeia - ligado à área de crises financeiras - que veio apoiar as autoridades "na interpretação legal" de uma eventual medida de resolução - que viria a concretizar-se dois dias depois - no que se refere à ajuda estatal, e se a mesma "seria compatível com o mercado interno".

"Entre 01 de agosto e a noite de 3 de agosto as trocas de informações técnicas ocorreram frequentemente entre a Direção-geral da Concorrência, o Governo português e o Banco de Portugal", precisa Alexander Italianer aos deputados da comissão de inquérito.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)