Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

Inquérito/CGD: Aguiar-Branco acusa relator de violar dever de sigilo e desprestigiar parlamento

Lusa 10 de Outubro de 2017 às 17:11

O presidente da segunda comissão de inquérito sobre a Caixa acusou hoje o relator socialista de ter violado o dever de sigilo e de desprestigiar a imagem do parlamento, depois de terem sido divulgados na comunicação social conclusões preliminares.

Num ofício dirigido ao deputado do PS e relator Luís Testa, o social-democrata José Pedro Aguiar-Branco revela que lhe solicitou a entrega, até 09 de outubro, do relatório de conclusões da comissão de inquérito sobre a nomeação e demissão da administração de António Domingues da Caixa Geral de Depósitos (CGD).

"No mesmo dia, 09 de outubro, ou seja, ontem, por volta das 21:30 horas, solicitou-me Vossa Excelência, telefonicamente, o adiamento da entrega da proposta de relatório até ao final da manhã de hoje, dia 10 de Outubro, justificando o atraso com 'problemas de natureza informática'", afirma Aguiar-Branco.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)