Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto

Luís Amado diz estar preocupado com futuro da EDP

Presidente do Conselho Geral e Supervisão da EDP quer que a comissão conclua o seu trabalho, elabore relatório e se extraiam as "devidas consequências".
Lusa 27 de Fevereiro de 2019 às 19:01
Luís Amado, durante a sua audição na Comissão Parlamentar de Inquérito ao Banif
Luís Amado
EDP
Luís Amado, durante a sua audição na Comissão Parlamentar de Inquérito ao Banif
Luís Amado
EDP
Luís Amado, durante a sua audição na Comissão Parlamentar de Inquérito ao Banif
Luís Amado
EDP

O presidente do Conselho Geral e de Supervisão da EDP, Luís Amado, afirmou esta quarta-feira estar preocupado com o futuro da empresa, manifestando expetativa que a comissão de inquérito conclua o seu trabalho para "passar esta página da vida da EDP".

"A mim preocupa-me nesta fase da vida da EDP o futuro da empresa. [...] Tem hoje, depois de um longo processo de privatização, muitos acionistas estrangeiros e poucos portugueses. É uma empresa detida sobretudo por capital estrangeiro. É uma empresa muito exposta ao mercado de capitais e à sensibilidade dos investidores internacionais", declarou Luís Amado, que está a ser ouvido na comissão parlamentar de inquérito às rendas excessivas aos produtores de eletricidade.

O presidente do Conselho Geral e de Supervisão (CGS) da EDP, desde abril de 2018, manifestou o desejo que a comissão conclua o seu trabalho, elabore o relatório e se extraiam as "devidas consequências".

"A nossa preocupação é passar esta página da vida da EDP", declarou.

O ex-ministro da Defesa e dos Negócios Estrangeiros Luís Amado assumiu em abril do ano passado a presidência do CGS, que antes havia sido liderada por Eduardo Catroga, tendo sido o nome proposto pelos acionistas representados no órgão que supervisiona a comissão executiva, que tem à frente António Mexia. Antes, entre 2015 e 2018, tinha sido vice-presidente.

Após a audição de Luís Amado ficam a faltar ouvir os responsáveis com a pasta da energia do atual Governo - Manuel Caldeira Cabral, Jorge Seguro Sanches, e Matos Fernandes e João Galamba, que passaram a tutelar o setor em outubro de 2018.

presidente do Conselho Geral Luís Amado EDP Supervisão energia grandes empresas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)