Investigação à Comporta já soma 15 arguidos

Polícia Judiciária passa a pente fino processos de construção de casas de férias na Herdade da Comporta.
Por António Sérgio Azenha, Débora Carvalho e Tânia Laranjo|31.08.18
  • partilhe
  • 64
  • 0
Notícia exclusiva para assinantes. Para ler faça Login ou AssineSaiba mais aqui.
A Polícia Judiciária (PJ) de Setúbal constitui 15 arguidos nos inquéritos à construção de casas clandestinas na Herdade da Comporta, joia da coroa do Grupo Espírito Santo (GES). Os arguidos estão constituídos em quatro inquéritos, que foram abertos com base numa auditoria da Inspeção-Geral ...
Exclusivos CMEste artigo é exclusivo para Assinantes Correio da Manhã
Se já é Assinante, faça o seu loginouClique para ler TODOS OS EXCLUSIVOS CM de hoje.
Obtenha o seu código de acesso com uma simples chamada telefónica (0.60€ + IVA). Se já tem código, insira-o.
Assine agora o Correio da Manhã Digital
  • Assine Acesso integral ao Correio da Manhã ePaper (tal como é impresso em papel, veja exemplo)
  • AssineAcesso ilimitado a todo o site do Correio da Manhã.
  • AssineTodos os exclusivos, opinião e análise da edição em papel.
Saiba mais
Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!