Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

EUA reconhecem ter matado duas crianças

Forças Armadas norte-americanas "lamentam mortes não intencionais" em bombardeamentos no Iraque e na Síria.
21 de Maio de 2015 às 21:49
O general norte-americano James Terry lamentou as mortes das duas crianças
O general norte-americano James Terry lamentou as mortes das duas crianças FOTO: Getty Images

As Forças Armadas dos Estados Unidos reconheceram, pela primeira vez, a existência de vítimas civis dos bombardeamentos que fizeram no Iraque e na Síria, admitindo que um ataque em 2014 matou duas crianças.

"Lamentamos estas mortes não intencionais", declarou em comunicado o general norte-americano James Terry, o chefe do comando militar que dirige os ataques da coligação internacional que combate os grupos extremistas.

Os norte-americanos reconhecem assim que um ataque lançado contra um grupo extremista em Harim (Síria), em novembro de 2014, matou duas crianças.

Forças Armadas dos Estados Unidos Iraque Síria James Terry distúrbios guerras e conflitos política guerra
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)