Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

Itália assinala naufrágio de Lampedusa com salvamento de dois mil imigrantes

A marinha italiana lançou programa que permitiu salvar mais de 100 mil pessoas no último ano.
Lusa 3 de Outubro de 2014 às 19:27
Operação italiana tem custos elevados e será substituída por outra gerida pela Agência Europeia de Gestão das Fronteiras Frontex
Operação italiana tem custos elevados e será substituída por outra gerida pela Agência Europeia de Gestão das Fronteiras Frontex FOTO: Darrin Zammit Lupi / Reuters

A marinha italiana socorreu mais de 2.000 imigrantes nos últimos dois dias, um ano depois do naufrágio de uma embarcação ao largo de Lampedusa que provocou a morte de 366 pessoas.

Depois do choque do naufrágio de 3 de outubro de 2013, a Itália passou a liderar a ajuda aos imigrantes através da criação do dispositivo "Mare Nostrum", que permitiu socorrer um total de 144.000 pessoas num ano (segundo a Marinha), uma média de 400 por dia.

Mas a operação tem custos elevados e vai ser substituída, a partir de novembro, por um dispositivo mais leve, designado como "Tritão" e que será gerido pela Agência Europeia de Gestão das Fronteiras Frontex.

Itália Mare Nostrum Marinha Agência Europeia de Gestão das Fronteiras Frontex largo de Lampedusa
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)