Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

Japão pede à Rússia para não anexar a Crimeia

17 de Março de 2014 às 04:35

O Governo japonês pediu hoje à Rússia para não anexar a Crimeia, um dia depois do referendo que aprovou a separação daquela república autónoma da Ucrânia.

"O nosso país não aprova o resultado" do referendo na Crimeia, no âmbito do qual mais de 95% dos eleitores da aprovaram a reunificação da península ucraniana com a Rússia, disse o porta-voz do Governo japonês, Yoshihide Suga, durante uma conferência de imprensa.

O mesmo responsável salientou que o Japão "vai pedir vigorosamente à Rússia para respeitar o, a integridade do seu território não anexando a Crimeia", acrescentou ao salientar também que Tóquio vai cooperar com os outros países do G7 no que respeita à Crimeia.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)