Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

Japão protesta por aproximação de mais de 200 barcos da China

Em causa estão ilhas Senkaku, disputadas entre os dois países.
Lusa 6 de Agosto de 2016 às 06:52
Disputa já é antiga. Na foto, um episódio de 2013 de tensão entre um navio chinês e duas embarcações japonesas
Disputa já é antiga. Na foto, um episódio de 2013 de tensão entre um navio chinês e duas embarcações japonesas FOTO: Reuters

O Japão apresentou hoje um protesto às autoridades chinesas por ter detetado mais de 200 barcos da China perto das ilhas Senkaku, disputadas por Tóquio e Pequim, informou o Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Segundo o Governo japonês, foram detetados 230 barcos de pesca e seis patrulheiros da guarda costeira da China na zona contígua às Senkaku (Diaoyu em chinês), um número maior do que o habitual.


Japão e China mantêm uma disputa pela soberania das ilhas, administradas por Tóquio, mas reclamadas por Pequim.

"Isto é um ato unilateral que aumenta as tensões (...) e é inaceitável para nós", considerou Tóquio no protesto que apresentou na embaixada da China no Japão, segundo noticia a agência Kyodo.

Situadas a cerca de 150 quilómetros a noroeste de Taiwán, as Senkaku são desabitadas e têm sete quilómetros quadrados de superfície no total.

A tensão e as disputas territoriais entre a China e o Japão têm aumentado por Pequim ter construído ilhas artificiais e instalações militares no Mar do Sul da China.

No início deste mês, o Japão manifestou a sua "profunda preocupação" com as "provocações" e "atividades unilaterais" da China na região, no seu relatório anual de Defesa.

japão china disputa navios barcos ilhas senkaku
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)