Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

Jean Wyllys diz que está a construir-se uma nova junta militar para governar o Brasil

Deputado desistiu do novo mandato e saiu do Brasil face às ameaças de morte que recebeu.
Lusa 26 de Fevereiro de 2019 às 19:08
Jean Wyllys, deputado homossexual, diz que ameaças à sua vida o obrigam a sair do Brasil
Jean Wyllys
Manifestação de Solidariedade com Jean Wyllys 'Vamos travar o fascismo!'
Jean Wyllys, deputado homossexual, diz que ameaças à sua vida o obrigam a sair do Brasil
Jean Wyllys, deputado homossexual, diz que ameaças à sua vida o obrigam a sair do Brasil
Jean Wyllys
Manifestação de Solidariedade com Jean Wyllys 'Vamos travar o fascismo!'
Jean Wyllys, deputado homossexual, diz que ameaças à sua vida o obrigam a sair do Brasil
Jean Wyllys, deputado homossexual, diz que ameaças à sua vida o obrigam a sair do Brasil
Jean Wyllys
Manifestação de Solidariedade com Jean Wyllys 'Vamos travar o fascismo!'
Jean Wyllys, deputado homossexual, diz que ameaças à sua vida o obrigam a sair do Brasil

O ativista e político brasileiro Jean Wyllys afirmou esta terça-feira, em Coimbra, que está em construção uma nova junta militar para governar o Brasil, avisando o Presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, de que a cortesia com Bolsonaro tem limites.

Perante um auditório da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra (FEUC) cheio de portugueses e brasileiros, Jean Wyllys assumiu o seu pessimismo em relação às próximas eleições no Brasil - "ainda não vejo um melhor cenário para as próximas eleições" - e deixou um alerta sobre "algo de muito perigoso que está a acontecer" no país.

Para o antigo deputado do PSOL - e crítico de Bolsonaro, Presidente brasileiro -, que desistiu do novo mandato e saiu do Brasil face às ameaças de morte que recebeu, está a constituir-se "uma junta militar para governar o país".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)