Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

João Proença: "A clarificação passa pelas eleições primárias"

Membro do Secretariado Nacional do Ps rejeita tentativas de "pôr em causa os estatutos".
22 de Junho de 2014 às 12:27

João Proença, membro do Secretariado Nacional do PS, considerou este domingo que a clarificação do partido "passa pelas eleições primárias", sublinhando que "só pode haver diretas para cargos que estão vazios", rejeitando tentativas para "pôr em causa os estatutos".

João Proença falava aos jornalistas à entrada da reunião da Comissão Nacional do PS, sublinhando que "o que está na ordem do dia é haver primárias", que estão marcadas para 28 de setembro, esperando que o "debate entre os candidatos, de facto, comece no mais curto prazo de tempo".

"Um partido é regulado pelos seus estatutos. Quando José Sócrates se demitiu do partido respeitaram os estatutos do partido e demoraram 45 dias. As pessoas façam as contas e não andem com tentativas de pôr em causa os estatutos do partido", disse.

joão proença PS eleições primárias
Ver comentários