Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Jesus diz que Sporting vai tentar defender a liderança

Técnico espera dificuldades no Bonfim.
Lusa 5 de Janeiro de 2016 às 15:39
Jorge Jesus, treinador do Sporting
Jorge Jesus, treinador do Sporting FOTO: Rui Minderico

O treinador do Sporting afirmou esta terça-feira que a equipa vai procurar defender a liderança da I Liga de futebol no jogo de quarta-feira com o Vitória de Setúbal, da 16ª jornada, e que espera dificuldades na visita ao Bonfim.

"Vamos jogar com um adversário que está a fazer um bom campeonato, está em quinto, e num estádio tradicionalmente difícil. As dificuldades vão ser imensas e nós, a partir do momento que voltámos ao primeiro lugar, queremos defender a liderança e, para isso, temos que jogar para ganhar e tentar ser melhores que o adversário", disse em conferência de imprensa de antevisão ao jogo de quarta-feira.

Jorge Jesus referiu que podem ser feitas alterações em relação à equipa que venceu no sábado o FC Porto (2-0), anunciando que os reforços Bruno César e Marvin podem entrar na convocatória para o jogo com os sadinos.

O técnico dos 'leões' foi elogiado pelo treinador adversário, Quim Machado, com Jesus a referir que os treinadores têm que estar sempre preparados para os elogios e para as críticas.

Contratação de Suk
"Nós estamos sempre preparados para a crítica e para os elogios. Penso que ao longo destes anos tenho contribuído para mudar o paradigma do futebol em Portugal e o treinador do Vitória de Setúbal também o está a fazer", disse, lembrando as formas diferentes como se abordam o jogo.

Em relação a Suk, avançado do Vitória de Setúbal que tem estado em destaque no campeonato, o técnico não se quis alongar, referindo que espera contar em breve com Teo Gutiérrez.

"O Teo está autorizado e quando chegar vamos contar com ele. Não me quero alongar muito, porque amanhã [quarta-feira] jogamos com o Vitória e não quero meter pressão. Importante é que o Teo chegue no fim da semana porque é com ele que conto e com ele que queremos avançar", defendeu.

Jorge Jesus garantiu ainda que o facto de o Sporting estar em primeiro lugar não traz "mais pressão ou responsabilidade".

Elogios a Tobias Figueiredo
"A equipa está dentro do caminho de se intrometer na luta com os crónicos vencedores do campeonato, que são Benfica e FC Porto nos últimos anos. A nossa satisfação é sentir que têm que contar connosco. Esperamos ter capacidade para continuar lá a discutir", disse.

Jorge Jesus deixou também elogios a Tobias Figueiredo, central do clube que está lesionado, referindo que o jovem deu tudo até ao limite pelo clube.

"Já sabíamos que isto ia acontecer e o Tobias demostrou um grande sentimento de respeito pelo clube. Sabíamos que precisávamos de um central, mas se não chegar existem jogadores na equipa B para ir buscar", salientou.

A terminar, Jorge Jesus abordou também o tema Julen Lopetegui, referindo que considerou "injusto" o que estava a ser feito ao treinador do FC Porto.

"O que falei foram factos. Amanhã posso ser eu a estar no lugar dele e achei que estavam a ser injustos com ele. Não entendi como um treinador que está a frente do campeonato e colocam tanto essas questões. As outras consequências quem quiser que as tire. Todos os treinadores têm que estar preparados para a crítica", concluiu.

Sporting Jorge Jesus Vitória de Setúbal Quim Machado Tobias Figueiredo Suk desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)