Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Jornalistas que recolhiam informação sobre obras das brasileira Odebrecht detidos na Venezuela

Lusa 11 de Fevereiro de 2017 às 22:36

Quatro pessoas, incluindo jornalistas, foram hoje detidas pelo Serviço Bolivariano de Inteligência (Sebin, serviços secretos venezuelanos) no estado de Zúlia, no oeste da Venezuela, quando recolhiam informações sobre obras em execução pela empresa brasileira Odebrecht.

Segundo a organização não governamental Transparência Venezuelana, as detenções ocorreram pelas 12:00 locais de hoje (16:30 horas em Lisboa) e foram detidos o coordenador daquela organização em Zúlia, Jesus Urbina, a sua assistente e jornalista Maria Jose Tua e os brasileiros Leandro Stoliar (jornalista) e Gilzon Sousa de Oliveira (operador de câmara).

"Encontravam-se a recolher informação nas instalações da segunda ponte sobre o lago de Maracaibo ou Puente Nigale, localizada em Maracaibo (cidade), estado de Zúlia, obra que é executada pela empresa brasileira Odebrecht e é responsabilidade do Ministério de Transportes Terrestres e Obras Públicas [da Venezuela]", explica um comunicado da ONG.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)