Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

Homem continua preso por homicídio confessado por outro

Armindo Castro
28 de Novembro de 2014 às 19:26
Armindo Castro está preso há dois anos e meio
Armindo Castro está preso há dois anos e meio FOTO: D.R.

Armindo Castro, de 29 anos, que foi condenado pelo alegado homicídio da tia em Joane, Famalicão, em março de 2012, continua preso, apesar de há precisamente um mês Artur Gomes ter assumido a autoria daquele crime, informou esta sexta-feira um advogado daquele processo.


Paulo Gomes, advogado do jovem condenado, disse à Lusa que já requereu a libertação do arguido, mas para já ainda não houve qualquer alteração. "São processos que demoram sempre o seu tempo, não posso prever quanto", referiu.


O Ministério Público também já determinou a abertura de um inquérito para investigar a confissão de Artur Gomes, o homem de 46 anos que há um mês assumiu a autoria do homicídio.

Por aquele crime, que ocorreu em 29 de março de 2012 em Joane, Famalicão, já foi julgado e condenado um sobrinho da vítima, que está preso há dois anos e meio.

Armindo Castro Artur Gomes Joane Famalicão homicídio preso confessou
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)