Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Juízes exigem que questões remuneratórias sejam aprovadas no parlamento

Lusa 10 de Julho de 2018 às 16:40

A associação sindical dos juízes acusa o parlamento, PS e Governo de darem "sinais dúbios" sobre o Estatuto dos Magistrados e exige que as questões remuneratórias sejam aprovadas na comissão de especialidade, sob pena de ser ponderada uma greve.

"Sabemos que uma greve tem custos sociais para os juízes e, se tivermos de tomar uma medida dessa natureza, vamos fazê-lo à altura daquilo que for o grau de ofensa. Utilizaremos a forma, o momento e o mecanismo que causar mais impacto, porque se sabemos que há um custo social pagamo-lo todo de uma vez", afirmou o presidente da Associação Sindical dos Juízes Portugueses (ASJP) à agência Lusa.

Segundo Manuel Soares, caso o parlamento não resolva as questões remuneratórias e as progressões na carreira exigidas pelos juízes, serão utilizados todos os mecanismos permitidos por lei para que a paralisação crie impacto.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)