Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

Julgamento de ex-administradores do Boavista adiado

O julgamento da SAD do Boavista e de três ex-administradores do clube foi esta terça-feira adiado para que dois dos arguidos possam ser notificados a procederem ao pagamento de dívidas fiscais pelas quais estão acusados de fraude e abuso de confiança fiscal.
9 de Dezembro de 2008 às 17:11
João Loureiro é um dos três acusados
João Loureiro é um dos três acusados FOTO: d.r.

Carlos Pissara e Vítor Jorge estão acusados, juntamente com João Loureiro, de terem lesado o Fisco em 3,4 milhões de euros, porque não efectuaram atempadamente a entrega de pagamentos relativos a IRS, IRC e imposto de selo, entre 2001 e 2004.

Caso os arguidos procedam ao pagamento dos montantes em falta, num prazo de 30 dias, extingue-se a responsabilidade criminal quanto aos crimes de abuso de confiança, mantendo-se os de fraude.

A decisão decorreu do requerimento apresentado pelo advogado de Carlos Pissarra, que alegou que o seu constituinte nunca foi notificado individualmente sobre as dívidas e impostos a pagar. Marinho Falcão argumentou ainda que “parte dos impostos constantes da acusação que integram o tipo legal de abuso de confiança fiscal já terão sido pagos”.  

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)