Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

JULGAMENTOS DA CASA PIA À PORTA FECHADA

Os julgamentos dos processos relativos ao escândalo de pedofilia na Casa Pia vão decorrer sem a presença de jornalistas na sala de audiências, de acordo com decisão do colectivo do tribunal que a partir de terça-feira começa a julgar Carlos Silvino (Bibi), anunciou o Sindicato dos Jornalistas.
27 de Outubro de 2003 às 19:16
JULGAMENTOS DA CASA PIA À PORTA FECHADA
JULGAMENTOS DA CASA PIA À PORTA FECHADA FOTO: d.r.
No início do mês, o Sindicato dos Jornalistas propôs ao tribunal a criação de uma ‘pool’ de jornalistas para assistir aos julgamentos do processo Casa Pia, caso não fosse possível a presença dos representantes de todos os órgãos de comunicação interessados. O tribunal decidiu que os julgamentos vão decorrer à porta fechada, justificando a medida com “a idade das vítimas, a natureza dos ilícitos em causa e a vontade do arguido (no caso Bibi) de falar amplamente e sem restrições”.
Apesar de vedar a entrada dos jornalistas nas salas de audiências, o tribunal tomou medidas para garantir a liberdade de informação. Assim, todas as audiências vão ser acompanhadas pelo assessor de imprensa do gabinete do presidente do Supremo Tribunal de Justiça, que no final de cada sessão fará um comunicado, dando conhecimento aos jornalistas sobre o andamento do julgamento.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)