Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Kerry desafia Moscovo a dar sinais de boa vontade "nas próximas horas"

Em causa desarmamento das milícias pró-russas no leste da Ucrânia.
26 de Junho de 2014 às 10:22

A Rússia deve dar "nas próximas horas" sinais de boa vontade e demonstrar que está a trabalhar para o desarmamento das milícias pró-russas no leste da Ucrânia, afirmou esta quinta-feira o secretário de Estado norte-americano, John Kerry.

"Estamos de pleno acordo de que é fundamental que a Rússia mostre, literalmente, nas próximas horas que se está a movimentar para ajudar a desarmar os separatistas, encorajando-os a fazê-lo, a apelar para que deponham as armas e para que comecem a fazer parte de um processo [político] legítimo", disse o chefe da diplomacia norte-americana, após um encontro, em Paris, com o seu homólogo francês, Laurent Fabius.

rússia ucrânia boa vontade john kerry moscovo desarmamento
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)