Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

Laborinho Lúcio alerta para emergência de pensamento único na sociedade atual

O autor do recente romance "O Chamador" disse que o poder tem de ter "sobre si alguma autorreflexão no sentido de compreender que não lhe basta o discurso para dominar um povo carecido de informação". 
11 de Maio de 2014 às 18:51

O antigo ministro da Justiça Laborinho Lúcio admitiu hoje a possibilidade de estar a emergir um pensamento único na sociedade atual, em que há cada vez uma maior tendência para agir sem refletir.

Numa sessão do oitavo festival Literatura em Viagem, sobre o tema "O mapa da linguagem", Laborinho Lúcio recordou que esta situação permite que haja autores hoje, em forma de "humor negro", que refiram que se está "progressivamente a abandonar o tempo" em que se dizia "Penso, logo existo" para passar a uma era de "Não penso, logo ajo".

 

Laborinho Lúcio; Matosinhos; pensamento; reflexão
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)