Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

LANÇAMENTO

Ironia fina foi o que Luís Filipe Menezes distribuiu ontem, em Lisboa, no lançamento do seu livro 'Sulista, elitista e liberal q.b.’.
8 de Outubro de 2003 às 03:06
Perante a ausência de qualquer membro da comissão política do PSD, órgão directivo do partido para o qual conquistou “inúmeras vitórias", Menezes afirmou que “da próxima vez eu dispenso-os”. Ironias para o PSD e para a restante classe política, que envolveram críticas ao possível alargamento do tempo de mandato dos autarcas (“doze anos já é tempo de mais”, disse) e ao funcionamento dos partidos (“são irreformáveis por dentro”). A ouvir o presidente da Câmara de Gaia estavam amigos de várias tendências políticas, entre os quais os socialistas Almeida Santos, Jorge Coelho e Luís Nazaré. Menezes acabou chamando a atenção para um facto curioso: “Na sexta-feira, dia da apresentação do meu livro no Porto, caiu o ministro Pedro Lynce. Hoje, em Lisboa, foi Martins da Cruz... É melhor parar com isto!....”
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)