Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Jorge Jesus rejeita 'autocarro' e quer marcar golos na República Checa

Técnico rejeita qualquer atitude mais defensiva do Sporting frente ao Viktoria Plzen.
Lusa 14 de Março de 2018 às 18:08
Jorge Jesus
Jorge Jesus
Jorge Jesus
Jorge Jesus
Jorge Jesus
Jorge Jesus
Jorge Jesus
Jorge Jesus
Jorge Jesus
Jorge Jesus
Jorge Jesus
Jorge Jesus
Jorge Jesus
Jorge Jesus
Jorge Jesus
Jorge Jesus
Jorge Jesus
Jorge Jesus

O treinador Jorge Jesus rejeitou esta quarta-feira qualquer atitude mais defensiva do Sporting frente ao Viktoria Plzen, na segunda mão dos oitavos de final da Liga Europa de futebol, e afirmou que quer "marcar golos" na República Checa.

"Estamos focados é nas nossas ideias e a nossa ideia é arranjar forma de marcar golos. Vamos jogar como se estivesse 0-0 e não para defender a vantagem da primeira mão (2-0)", afirmou Jorge Jesus na conferência de imprensa de antevisão do duelo de quinta-feira, na Arena Doosan, em Plzen.

Na primeira mão, o Sporting venceu o Viktoria, com dois golos do avançado colombiano Fredy Montero, e alcançou uma valiosa vantagem para o segundo encontro com o atual líder do campeonato checo.

"O Viktoria Plzen tem jogadores internacionais pela República Checa, dois pontas de lança muito agressivos e bons no jogo aéreo. O facto de o campo não estar em boas condições pode prejudicar, mas temos que nos adaptar. Temos de estar muito fortes para anular o ponto mais forte do jogo deles", referiu o treinador de 63 anos.

Questionado sobre a possibilidade, caso o Sporting confirme o apuramento, de ser o único treinador português ainda em prova nas competições europeias, Jesus admitiu que ficaria satisfeito, embora na terça-feira tenha estado a "torcer" por José Mourinho (Manchester United) e Paulo Fonseca (Shakhtar Donetsk), na Liga dos Campeões.

"Estava a fazer muita força para que ficassem apurados. Se tiver o privilégio de o Sporting passar a eliminatória e ficar eu, concretamente, satisfaz-me como é óbvio, mas também porque precisamos de pontos para o 'ranking'", disse.

Na mesma conferência de imprensa, o defesa-central André Pinto, que deverá render o castigado Sebastien Coates, destacou o poder físico dos jogadores do Viktoria Plzen e negou que, nesta altura da temporada, exista algum desgaste físico no Sporting.

"É um facto que temos um grande número de jogos. Um clube como o Sporting quer andar em todas as frentes e estamos felizes por isso O desgaste faz parte, temos de estar preparados para isso", considerou o jogador de 28 anos.

Viktoria Plzen e Sporting defrontam-se na quinta-feira, às 18:00, horas de Lisboa, em jogo com arbitragem do alemão Tobias Stieler.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)