Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Lei do Tabaco prejudica negócio da noite

As casas de diversão nocturna da região do Porto estão a registar quebras no volume dos negócios, que vão de 30 a 70%, na sequência da entrada em vigor da nova Lei do Tabaco, que proíbe o fumo no interior de bares e discotecas, anunciou esta quarta-feira a Associação de Bares da Zona Histórica do Porto.
9 de Janeiro de 2008 às 15:06
"Nas casas de diversão nocturna mais conhecidas do público a quebra ronda os 30 por cento, mas sobe para 70 por cento nos estabelecimentos menos conhecidos", afirmou António Fonseca, presidente da associação.
Os dados apresentados foram registados durante a primeira semana em que vigorou a nova lei, entre 1 e 8 de Janeiro, e resultam de uma comparação relativamente a igual período de 2006 realizada em bares e discotecas da zona industrial, da Foz e do centro histórico da cidade do Porto. Não foram, no entanto, incluídos restaurantes.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)