Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

Lisboa e Porto acolhem "Do mudo à Perestroika", um ciclo de cinema russo

Lusa 21 de Abril de 2016 às 05:45

"O homem da câmara de filmar" (1929), de Dziga Vertov, e "O couraçado Potemkine" (1925), de Serguei Eisenstein, abrem, hoje, em Lisboa e no Porto, o ciclo de cinema "Do mundo à Perestroika", dedicado ao cinema russo.

O ciclo, organizado pela Medeia Filmes, começa com dois dos pioneiros da história do cinema do século XX, nomes fundamentais do cinema russo. O documentário de Dziga Vertov abrirá o ciclo no Cinema Nimas, em Lisboa, enquanto o filme de Eisenstein fará a abertura no Teatro Municipal Campo Alegre, no Porto.

Até ao verão, o ciclo exibirá 19 filmes, alguns em versão restaurada, outros inéditos em exibição numa sala comercial, escolhas "que espelham a diversidade estética de uma das mais importantes e influentes cinematografias ao longo de um século", afirma a organização.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)