Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

Luis Pinheiro de Almeida reúne em livro a cultura "ié-ié" em Portugal

22 de Maio de 2014 às 14:35

Em Portugal existiram mais de trezentas bandas entre 1950 e 1960, marcadas pelos "ritmos modernos" do rock n'roll, e que integraram uma cultura, mal-vista pelo regime, apelidada de "ié-ié", segundo Luís Pinheiro de Almeida.

O jornalista e investigador é o autor da "Biografia do ié-ié" - a apresentar no sábado em Lisboa -, um livro que reúne, pela primeira vez de forma sistematizada, informações que traçam o perfil de um movimento musical, mas também cultural, que durou cerca de uma década em Portugal.

"O critério fundamental para o livro foi incluir todas as bandas que tivessem editado pelo menos um disco. Era impossível reunir todas, porque eram mais de trezentas e a informação escasseia", afirmou o autor à Lusa.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)