Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

LUZ VERDE NAS LAJES

O primeiro-ministro, Durão Barroso, revelou esta manhã, na fase final do debate mensal com o Governo na Assembleia da República, que já deu autorização aos Estados Unidos da América para usarem a Base das Lajes no contexto de uma eventual movimentação de guerra contra o Iraque.
31 de Janeiro de 2003 às 15:45
O anúncio apanhou de surpresa o presidente do Governo Regional dos Açores, Carlos César, que em declarações à Rádio TSF afirmou não ter sido informado por parte do Governo da República, salientando que é tradição haver esse aviso.

A revelação terá sido despoletada pela intervenção do deputado Luís Fazenda, do Bloco de Esquerda, na interpelação ao Governo, totalmente dominada pela crise iraquiana e pela assinatura colocada por Durão Barroso num manifesto de apoio a George W. Bush subscrito por oito líderes europeus.

O deputado bloquista afirmou que o Governo já tinha ordenado o encerramento da Embaixada de Portugal em Bagdad e dado luz verde aos EUA para utilizarem a Base das Lajes no esforço de guerra. No final do debate, o primeiro-ministro admitiu: “Dissemos sim à utilização da Base das Lajes”, acrescentando que haverá uma ponderação graduada sobre outros pedidos que possam ser feitos por Washington.

Recorde-se que a Base das lajes, apesar de estar longe da linha da frente, é um ponto de escala fundamental na ponte logística feita pela máquina de guerra norte-americana entre os EUA e o Médio Oriente.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)