Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

Mãe de Sara em prisão preventiva até julgamento

Dezenas de populares concentraram-se na manhã desta sexta-feira junto ao Tribunal Judicial de Monção recebendo com gritos, apupos e insultos a mãe de Sara, uma menina de dois anos que morreu na quarta-feira, alegadamente vítima de maus-tratos. A Ana Isabel OLiveira Santos, de 24 anos, foi-lhe aplicada a medida de coacção mais grave: prisão preventiva até julgamento.
29 de Dezembro de 2006 às 16:45
A mãe, que passou a noite detida nas instalações da Polícia Judiciária (PJ) de Braga, foi levada esta manhã ao tribunal pelas 11h00, uma hora depois do inicialmente previsto.
Ana Isabel foi detida ontem pela PJ, depois de ter sido ouvida durante mais de três horas em que confessou a prática de agressões.
A autópsia ao corpo da Sara revelou lesões traumáticas significativas no crânio, tórax e abdómen, ferimentos que, segundo o relatório a que o CM teve acesso, foram responsáveis pela morte da criança.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)