Confrontos nas Filipinas fazem mais de 100 mortos numa semana

Soldados atuam contra o Daesh ao abrigo da lei marcial, declarada por Duterte.
Por Lusa|30.05.17
  • partilhe
  • 4
  • +

Mais de 100 pessoas morreram na sequência dos confrontos, que prosseguem esta terça-feira, na cidade de Marawi, no sul das Filipinas, entre o exército e islamitas inspirados pelo grupo extremista Daesh, informou o governo.

Só na segunda-feira morreram pelo menos quatro rebeldes e dois soldados, detalhou o porta-voz governamental Ernesto Abella, em conferência de imprensa.

Segundo o recente balanço dos confrontos, iniciados há uma semana, foram registadas 104 mortes: 19 civis, 65 extremistas, 17 militares e três polícias.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!