Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Marcha lenta contra governo

Mais de duas centenas de viaturas juntaram-se em protesto.
23 de Agosto de 2015 às 19:10
Carros em protesto
Carros em protesto FOTO: Direitos Reservados
Uma marcha lenta juntou este domingo mais de duas centenas de viaturas para "manifestar a indignação da população com os sucessivos governos", disse este domingo à Lusa o presidente da Câmara de Castelo de Paiva.

"Hoje foi para demonstrar a nossa indignação pela falta de compromisso dos sucessivos governos relativamente ao nosso concelho e à nossa região", comentou Gonçalo Rocha (PS), em Penafiel, no final da ação de protesto.

A marcha lenta, convocada pela Câmara de Castelo de Paiva, começou em Canedo, no concelho de Santa Maria da Feira, evoluindo em direção à vila Castelo de Paiva, pela variante à EN222. Prosseguiu depois, para norte, pela variante à EN224 com destino a Entre-os-Rios. Ali, atravessada a ponte sobre o Douro, as viaturas entraram na EN106, até Penafiel. Ao todo foram percorridos cerca de 45 quilómetros.

A ação, segundo a organização, pretendeu demonstrar a lentidão dos acessos de Castelo de Paiva à A32, em Santa Maria da Feira, e à A4, em Penafiel, na EN106.

A autarquia de Castelo de Paiva reclama há cerca de duas décadas a construção do troço final de oito quilómetros da variante à EN222 para assegurar a ligação ao nó da A32 e também da variante à EN 106, conhecida como IC35, ligando Penafiel a Entre-os-Rios.
PS Câmara de Castelo de Paiva A32 economia negócios e finanças transportes
Ver comentários