Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto

Cheias provocaram prejuízos de 2,5 ME

Valor referente ao Parque Verde de Coimbra.
Lusa 27 de Janeiro de 2016 às 10:44
Segundo Rogério Emídio Silva, esta foi a maior cheia alguma vez verificada desde o início da exploração daqueles espaços à beira-rio
Segundo Rogério Emídio Silva, esta foi a maior cheia alguma vez verificada desde o início da exploração daqueles espaços à beira-rio FOTO: Ricardo Almeida

O administrador do agrupamento de empresas do Parque Verde, em Coimbra, disse esta quarta-feira à agência Lusa que as cheias que ocorreram no concelho no dia 11 e 12 provocaram prejuízos de 2,5 milhões a três milhões de euros naquele complexo.


As cheias que ocorreram em Coimbra provocaram prejuízos "entre os 2,5 milhões de euros e os três milhões de euros" nos estabelecimentos do Parque Verde, disse o administrador do agrupamento de empresas que gere o Complexo Verde do Mondego, Rogério Emídio Silva.


Segundo Rogério Emídio Silva, esta foi a maior cheia alguma vez verificada desde o início da exploração daqueles espaços à beira-rio, em 2004, tendo a água atingido 1,40 metros "dentro das casas".

Parque Verde Coimbra cheias
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)