Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Médicos preparam suspensão de atividade na falta de condições de segurança clínica

Lusa 15 de Março de 2018 às 05:00

O bastonário da Ordem dos Médicos apelou hoje aos clínicos que deixem de praticar consultas, cirurgias ou procedimentos programados caso não tenham condições de segurança clínica, para ser dado "um grito de alerta" ao ministro da Saúde.

"Isto é uma urgência nacional, o estado da saúde não está nada bem. Nós temos de mudar alguma coisa. Os médicos têm de ter condições de trabalho dignas e que lhes permitam atuar de acordo com as boas práticas. Não podemos continuar sempre a tapar buracos. Temos uma ampla responsabilidade que ninguém assume por nós", argumentou Miguel Guimarães, em declarações à agência Lusa.

O bastonário defendeu que os médicos devem suspender a atividade programada caso considerem que pode estar em causa a segurança clínica dos doentes vincando que esta situação não se aplica nos casos de urgência, mas apenas em consultas, cirurgias ou procedimentos programados.