Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

Metro Porto: Governo quer mudar situação

O ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações garantiu esta terça-feira que o Governo quer mudar situações como a existente na empresa Metro do Porto denunciada segunda-feira pelo Tribunal de Contas, relativa a uma actuação "pouco prudente", tendo em conta que não foi assegurada uma participação maioritária no capital da empresa nem o controlo da gestão.
28 de Novembro de 2006 às 18:47
"Sempre disse que não parecia bem que, num projecto em que o Governo tem que assegurar meios financeiros, sejam outras entidades a tomar as decisões. Tem que haver correspondência entre quem é responsável pelos investimentos e quem é responsável pela gestão", disse Mário Lino, que falava no final da apresentação do plano de expansão do aeroporto da Portela, assegurando que o Governo quer "mudar isso".
O ministro escusou-se a comentar as apreciações do TC sobre as remunerações dos administradores, afirmando apenas que dizem respeito a períodos de gestão anteriores a este Governo" sobre as quais não tem "nenhuma responsabilidade".
O Estado detém 40% do capital da Metro do Porto (10% directamente, 25% por via da STCP - Sociedade de Transportes Colectivos do Porto e 5% por via da CP - Caminhos de Ferro Portugueses).
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)