Ameaça de morte contra magistrado italiano que investiga ministro Salvini

Patronaggio indiciou Salvini de "sequestro de pessoas, prisões ilegais e abuso de poder".
Por Lusa|12.09.18
  • partilhe
  • 0
  • +

O magistrado que desencadeou um inquérito contra o ministro do Interior italiano Matteo Salvini por sequestro de pessoas no âmbito do caso dos imigrantes bloqueados no navio Diciotti recebeu ameaças de mortes, referiam esta quarta-feira os media.

Um envelope contendo uma bala de arma de guerra e uma mensagem referindo "pobre miserável estás na nossa mira" com o símbolo da Gladio, uma organização paramilitar italiana ativa durante a Guerra Fria, foi enviada a Luigi Patronaggio, procurador em Agrigente, na Sicília, que no final de agosto abriu um inquérito contra Salvini.

Patronaggio indiciou Salvini de "sequestro de pessoas, prisões ilegais e abuso de poder" por ter retido durante vários dias cerca de 140 migrantes a bordo do navio da guarda-costeira italiana Diciotti.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!