Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

Estados membros da ONU prometem ajuda a refugiados

Mas ninguém se compromete com objetivos concretos.
Lusa 19 de Setembro de 2016 às 21:24

Os 193 Estados-membros da Organização das Nações Unidas prometeram estra segunda-feira melhorar a sorte de milhões de refugiados para responder a uma crise sem precedentes, mas sem se fixarem objetivos quantificados, para grande irritação das organizações não governamentais.

Esta declaração de intenções compromete-os a "proteger os direitos fundamentais de todos os refugiados e migrantes", aumentar o apoio aos países de acolhimento e promover a educação das crianças refugiadas, enumerou o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, ao abrir a primeira cimeira da organização consagrada às migrações.

Ban Ki-moon apelou aos dirigentes mundiais para "combater a xenofobia crescente" de que os migrantes são vítimas.

Há 65 milhões de pessoas deslocadas no mundo, das quais 21 milhões são refugiadas, em fuga de perseguições, pobreza ou conflitos. Em dois anos, sete mil homens, mulheres e crianças morreram no Mediterrâneo quando o procuravam atravessar para chegar à Europa.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)