Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

218 mil migrantes atravessaram o Mediterrâneo em outubro

Em 2014, 219 mil pessoas chegaram à Europa.
Lusa 2 de Novembro de 2015 às 10:11
Números de 2015 vão ultrapassar largamente os de 2014
Números de 2015 vão ultrapassar largamente os de 2014 FOTO: Reuters

Mais de 218 mil migrantes e refugiados atravessaram, em outubro, o Mediterrâneo para a Europa, o que representa um recorde mensal e quase o mesmo número de travessias registado em todo o ano passado, anunciou esta segunda-feira a ONU.

"No mês passado foi um mês recorde para as chegadas", disse Adrian Edwards, porta-voz do Alto-comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), sublinhando que "as chegadas em outubro foram equivalentes a todo o ano de 2014".

Em outubro, 218.394 pessoas realizaram a perigosa travessia para chegar - à exceção de oito mil - à Grécia.

No ano passado, chegaram à Europa 219 mil pessoas, de acordo com dados da ONU. 

Milhares de pessoas já morreram
Até ao presente, o ACNUR previa que este ano 700 mil migrantes vão procurar refúgio na Europa, onde vão chegar através do Mediterrâneo, mantendo-se em 2016 um número idêntico de entradas.

O ACNUR vai publicar até ao final deste mês os dados revistos em alta para o número de chegadas em 2015, uma vez que, até agora, mais de 744 mil migrantes e refugiados já chegaram à Europa.

Este ano cerca de 3.440 pessoas morreram ou foram dadas como desaparecidas na tentativa de atravessar o Mediterrâneo para chegar à Europa.

A maioria das mortes ocorreu no trajeto para Itália, de acordo com a Organização Internacional para as Migrações (OIM).

Europa refugiados Mediterrâneo ACNUR Nações Unidas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)