Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

Militar da GNR morre após perseguição

Um militar da GNR, de 46 anos, morreu esta última madrugada em Estarreja durante uma perseguição a dois menores suspeitos de furto, informou uma fonte do Comando geral da GNR.
29 de Março de 2006 às 08:12
Militar da GNR morre após perseguição
Militar da GNR morre após perseguição FOTO: Arquivo CM
De acordo com esta mesma fonte, não foram efectuados quaisquer disparos na sequência deste incidente, desconhecendo-se para já a razão da morte do militar, não estando excluída a hipótese de doença súbita.
Por volta da 01h00 da madrugada, uma patrulha do posto territorial da GNR de Estarreja, formada por dois militares, surpreendeu dois jovens a carregarem uma grade de cerveja.
Suspeitando que a grave de cerveja tivesse sido roubada, os militares da GNR encetaram uma perseguição aos menores, que se separaram na fuga, abandonando o alegado produto do furto.
Ao regressar ao local de partida, depois de desistir da perseguição, um dos militares encontrou o colega estendido no chão em estado muito grave. Apesar de ser transportado para o hospital de Estarreja, o militar acabou por morrer.
As autoridades aguardam agora a autópsia ao corpo do militar, entretanto enviado para Aveiro, para determinar as causas da morte, que pode ter resultado de doença súbita.
Mais tarde, uma segunda patrulha da GNR acabou por conseguir identificar e deter os dois jovens em fuga, com 15 e 17 anos.
Ver comentários