Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Militares proibem reuniões de mais de cinco pessoas na Tailândia

Imposto o recolher obrigatório.
22 de Maio de 2014 às 16:09

O novo regime militar, no poder na Tailândia, proibiu hoje qualquer reunião de mais de cinco pessoas "por razões políticas", algumas horas depois de anunciado o golpe de Estado no país.

As autoridades impuseram o recolher obrigatório, em vigor entre a noite de hoje e sexta-feira.

"Quem violar esta proibição pode ser condenado a um ano de prisão, dez mil bahts (220 euros) de multa, ou ambos", anunciou um porta-voz do exército na televisão tailandesa.

O primeiro-ministro deposto, Niwattumrong Boonsongpaisan, e os restantes membros do executivo receberam ordens para se apresentarem, até ao fim do dia, às chefias do novo regime, que assumiu a identificação de Conselho para a manutenção da paz e da ordem.

Tailândia golpe Estado
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)