Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

Ministério da Educação prevê resolver até outubro cerca de 500 juntas médicas pendentes

Lusa 14 de Julho de 2016 às 12:45

O Ministério da Educação anunciou hoje que começou a desbloquear processos de juntas médicas de docentes que se encontravam pendentes, alguns desde 2014, e que até outubro deverão ficar resolvidos cerca de 500 casos.

"Centenas de docentes com juntas médicas pendentes já começaram a ser chamados", afirma o ministério em comunicado.

Até outubro, segundo a tutela, deverão ficar resolvidos perto de 500 casos que aguardavam decisão médica na Região de Lisboa e Vale do Tejo, a área com mais situações por resolver e onde os atrasos nos processos são maiores.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)